Strafe logo
A Riot está processando a NetEase por um suposto clone do Valorant

A Riot está processando a NetEase por um suposto clone do Valorant

Valorant

38d
Monica Pimentel

A Riot alega que o jogo de atirador móvel Hyper Front copia partes substanciais do jogo da Valorant.

A Riot Games está entrando com ações judiciais contra a editora NetEase por causa de seu jogo de atirador móvel 5v5 Hyper Front. Os advogados da Riot alegam que o jogo é um clone do jogo de tiro da Valorant.

Alguns mercados ja tentam impedir distribuição

As sedes da Valorant em mercados como o Brasil e Cingapura, estão tentando impedir a NetEase de distribuir o Hyper Front e pedindo indenização por danos monetários.

A Valorant tem uma versão móvel própria em desenvolvimento, embora nenhuma data de lançamento tenha sido anunciada. Rumores disseram que seria lançada em 2024, embora nenhuma evidência disso tenha sido divulgada.

O Polygon, um advogado da Riot Games disse que “Todas as nossas escolhas criativas são espelhadas no jogo da NetEase” e que “Não achamos que mudar a cor de uma habilidade do personagem ou modificar ligeiramente o aparência visual muda o fato de que é violação de direitos autorais."

A Universidade Aberta

A Riot não é estranha a processos de direitos autorais. A empresa já processou outras empresas por alegados clones, imitações do Valorant, imitações de League of Legends e do Spinoff Teamfight Tactics.

Sua empresa controladora, a Tencent, também ganhou processos na China em torno das cópias ilegais do League of Legends. Na verdade, está envolvido em um processo agora mesmo - um juiz dos EUA acabou de dizer a eles para levá-lo ao sistema judicial chinês.

Comparações da Riot

As comparações que a Riot faz nos documentos do processo no Reino Unido são extensas, incluindo capturas de tela de mapas, personagens, capas de armas e outras bugigangas. Existem até comparações de estatísticas e desempenho de armas no jogo.

A Riot diz que uma reclamação inicial levou a algumas mudanças da NetEase, mas não foi longe o suficiente.

Os advogados da Riot enfatizaram a natureza global da indústria de jogos ao justificar os vários processos em vários países.

Documento legal comparando o Hyper Front ao Valorant

A Riot Games pertence à Tencent, uma empresa de mídia chinesa um pouco maior e mais conhecida, e os usuários nas redes sociais rapidamente acusaram a Tencent de hipocrisia.

O próprio Ace Force da Tencent, por exemplo, foi acusado de copiar a estética e a jogabilidade de Overwatch quando foi lançado em 2019, enquanto o jogo móvel baseado em geolocalização da Tencent, Let's Hunt Monsters, foi acusado de ser um clone do Pokémon Go.

O resultado legal aqui é muito incerto: Não exclua a possibilidade de ganho da NetEase. A mesma é uma grande empresa de tecnologia e inclui muitas divisões não apenas nos países do Leste Asiático, mas recentemente se expandiu para a Europa e América com a aquisição da Quantic Dream, desenvolvedora de Detroit: Become Human.

Procurando mais dicas e palpites de apostas eSports? Acesse aqui na Strafe o nosso conteúdo de dicas dos principais eSports onde destacamos detalhes e notícias de eSports para fãs de apostas iniciantes e experientes, o que considerar e muito mais.

Fonte da imagem: IGN Sea

Comentário (0)

Nenhum comentário ainda

Faça login e seja o primeiro a iniciar a conversa!

Login para comentar sobre esta partida

Últimas notícias

Fã do VALORANT destacam quais habilidades dos agentes são as mais caras e as mais baratas
Fã do VALORANT destacam quais habilidades dos agentes são as mais caras e as mais baratas
A economia em VALORANT é um dos aspectos mais importantes do jogo, mas um dos agentes com baixa taxa de vitórias é o mais caro. Um Redditor extraiu o custo das habilidades de cada agente em VALORANT, o que revelou que Chamber tem o kit mais caro, sem surpresa. Sage é o segundo agente mais caro de VALORANT, com um custo total de 800 créditos. Astra é a agente mais barata de VALORANT com um custo total de crédito de<span class="read-more">more</span>
23h
Monica Pimentel
B4rtiN troca CSGO por Valorant
Bruno "b4rtiN" Câmara jovem jogador brasileiro de 21 anos de idade agora ex-jogador profissional de Counter Strike Global offensive e jogador profissional de Valorant. b4rtiN um dos jogadores em potencial da academia brasileira de  de Counter Strike e um dos melhores jogadore do Brasil decidiu encerrar sua carreira como jogador profissional do jogo Valve vai para novos servidores, agora para o jogo de FPS da Riot Games, o Valorant. Nas redes sociais b4rtiN e sua equipe nova de Valorant no<span class="read-more">more</span>
Riot atrasa o Patch 6.02 de VALORANT devido a um problema no PBE
O patch mais recente ainda precisa passar pela fase de teste. Os jogadores do VALORANT terão que esperar mais uma semana antes da próxima atualização significativa do jogo. A Riot Games confirmou hoje que o Patch 6.02 foi oficialmente adiado para 7 de fevereiro. Normalmente, a Riot lança um novo patch de VALORANT a cada duas semanas, com a atualização 6.01 lançada em 17 de janeiro e a atualização 6.02 marcada para 31 de janeiro. cronograma de lançamento para 6.02.<span class="read-more">more</span>
3d
Monica Pimentel
Todas as informações sobre VCT LOCK IN
Um dos próximos capítulos do competitivo de Valorant está chegando, estamos falando do Valorant Champions Tour com o LOCK IN. A Riot Games anunciou no dia 17 de janeiro as partidas e a programação para um dos maiores torneios de Esports do Valorant de todos os tempos. Dia e local Durante os dias 13 de fevereiro até 4 de março, as 32 melhores equipes no mundo irão se enfrentar no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. Para quem queira assistir<span class="read-more">more</span>
3d
Matheus Santos
Riot Games sofre ataques e atualizações são adiadas
A Riot Games produtora dos grandes sucesso de jogos como: Valorant e League of Legends publicou que recentemente teria sido alvo de ataque cibernético. Os hackers invadiram e tiveram o código-fonte invadidos, isso implica bastante, podendo os hackers colocarem vírus em alguma atualização e fazer os usuários baixarem e terem suas informações vazadas. Além disso os hackers podem ver e aprimorar os hacks dentro do jogo como os scripts entre outras trapaças dentro do jogo. O ataque de engenharia social<span class="read-more">more</span>
Equipe profissional do Valorant caiu minutos após a derrota do NA Challengers
A Soniqs, uma organização de eSports sediada na Austrália, abandonou toda a equipe Valorant minutos depois de não conseguir se classificar para a North American Challengers League em uma derrota por 2 a 1 para o OREsports. Centenas de equipes do Valorant tentaram conseguir uma vaga na NA Challengers League por meio das duas eliminatórias, mas apenas seis foram eliminadas quando a poeira baixou. Disputa acirrada Muitas das equipes que buscavam entrar na liga não tinham contrato ou eram formadas<span class="read-more">more</span>
7d
Monica Pimentel
Chefe de eSports do Valorant revela monetização no jogo para equipes parceiras
O chefe global da Valorant Esports, Leo Faria, revelou no podcast The Wiseman que as organizações de eSports parceiras em suas ligas terão monetização no jogo fora das skins do Valorant Champions. As equipes do Valorant só conseguiram ver o dinheiro da Riot Games em termos de vitórias em torneios e vendas de skins do pacote Champions em 2021 e 2022. O chefe de esports do Valorant revelou no podcast The Wisemen que as equipes das ligas parceiras também terão<span class="read-more">more</span>
8d
Monica Pimentel
Chefe do Valorant explica as razões por trás do controverso formato VCT LOCK//IN
Leo Faria, Global Head do Valorant Esports, foi ao podcast do Valorant The Wisemen e tirou dúvidas sobre o torneio VCT LOCK//IN e por que a Riot Games fez o torneio de eliminação única junto com outras questões de formato. A comunidade da Valorant expressou coletivamente sua decepção com a Riot Games e Faria quando o formato do torneio Valorant Champions Tour LOCK // IN foi anunciado em 17 de janeiro. Respostas do chefe da Valorant O chefe do Valorant<span class="read-more">more</span>
9d
Monica Pimentel
Japão o país sede do Valorant Masters 2023
No fim do ano passado, a Riot Games anunciou o país que sediará o Valorant Master 2023, a escolha se teve muito pela popularidade do jogo no país. A competição será no campo asiático, mais precisamente no Japão, a segunda em formato internacional da próxima temporada. O Valorant Master vai ser realizado em junho, logo em seguida das primeiras etapas das Ligas. O campeonato terá as dez melhores equipes das três competições franqueadas pela Riot Games, ainda terá uma vaga<span class="read-more">more</span>
13d
Matheus Santos