Strafe logo
Taxa de ban na Ahri dispara em protesto à Skin Lendária

Taxa de ban na Ahri dispara em protesto à Skin Lendária

League of Legends
14 Jun
Andre Guaraldo

A comunidade de League of Legends está protestando intensamente após o lançamento de uma nova skin para a campeã Ahri, levando a um aumento significativo na taxa de banimento dela em partidas ranqueadas. A skin "Imortalizada Lenda Ahri", criada para comemorar a indução do lendário jogador de esportes eletrônicos Faker no Hall of Legends da Riot Games, vem com uma etiqueta de preço exorbitante de até $500, provocando uma reação negativa generalizada e uma forma única de protesto dentro do jogo.

A controvérsia

A indignação começou assim que a skin foi anunciada, principalmente devido ao seu alto custo. Esta skin comemorativa faz parte de um evento especial para homenagear Faker, amplamente considerado um dos maiores jogadores de League of Legends de todos os tempos. No entanto, o preço elevado do pacote da skin deixou muitos jogadores se sentindo alienados e frustrados, percebendo-o como uma estratégia óbvia de ganhar dinheiro por parte da Riot Games.

Resposta dos jogadores

Em resposta ao lançamento da skin, os jogadores de League of Legends iniciaram um boicote banindo Ahri em suas partidas. Esta forma de protesto visa impedir que os jogadores que compraram a skin cara a usem, efetivamente tornando sua compra inútil. De acordo com estatísticas do Lolalytics e OP.GG, a taxa de banimento de Ahri aumentou dramaticamente. Antes do lançamento da skin, sua taxa de banimento ficava em torno de 8-10%, mas agora subiu para entre 15% e 23% em várias regiões, com a América do Norte mostrando o aumento mais significativo.

Impacto e resposta dos desenvolvedores

A Riot Games reconheceu a reação negativa, mas não mostrou intenção de reduzir o preço da skin. Os desenvolvedores defenderam a estratégia de preços, afirmando que itens de alto custo são para um segmento de mercado de nicho disposto a pagar por conteúdo exclusivo. O diretor do jogo, Pu ‘PuPuLasers’ Liu, comentou que o protesto é "um pouco justificado", mas reiterou que esses produtos premium são destinados a uma pequena porcentagem da base de jogadores.

Reação da comunidade

A reação da comunidade foi rápida e vocal, com as redes sociais inundadas de discussões e críticas à estratégia de preços da Riot. Muitos jogadores sentem que essa ação da Riot Games prioriza o lucro em detrimento da satisfação e acessibilidade dos jogadores. Além disso, a ironia de lançar uma skin tão cara em homenagem a Faker, um jogador que raramente utiliza skins, também causou surpresa na comunidade.

Implicações futuras

Embora o aumento na taxa de banimento de Ahri seja improvável de durar , ele envia uma mensagem forte para a Riot Games. O resultado deste boicote primeiramente poderia influenciar futuras decisões dos desenvolvedores de jogos em relação a preços e estratégias de engajamento dos jogadores. Ainda resta saber se este protesto impactará as vendas da skin Imortalizada Lenda Ahri ou se a Riot ajustará sua abordagem em resposta à reação negativa.

Enquanto isso, a taxa de banimento atual de Ahri continua a subir, refletindo uma posição unificada dos jogadores contra o que eles veem como uma prática injusta. Este incidente destaca o poder da comunidade de jogadores de se mobilizar e resistir às decisões que consideram prejudiciais à sua experiência de jogo.

Créditos da imagem: Riot Games

Leia também:

Resposta da RIOT Meddler em Meio ao Protesto Contra a Skin da Ahri

Melhores Meio Laners para Subir de Elo no LoL Patch 14.12

[ATUALIZAÇÃO] Ataques DDoS da T1 atingem novamente: Jogadores suspendem seus streams indefinidamente

Comentário (0)

Login para comentar sobre esta partida