VALORANT Champions: entenda a reviravolta na partida da Vivo Keyd

A Riot Games considerou que Jonathan "JhoW" Glória explorou um bug da câmera do Cypher na partida contra a Acend - Foto: Riot Games/Divulgação

Uma pauta movimentou as redes sociais no universo dos games no final de semana. Na última sexta-feira (3), quem entrasse no Twitter, veria a hashtag #justiceforkeyd no topo dos trending topics. A comoção veio após a partida entre a Vivo Keyd e a Acend no Valorant Champions, o primeiro mundial do FPS da Riot Games.

Em resumo, a história da confusão entre Vivo Keyd e Riot Games é que os brasileiros venceram a Acend na partida de sexta-feira (3). Após o triunfo, a organização do Valorant Champions divulgou um comunicado oficial tirando pontos da Keyd e dando a vitória para a Acend. O motivo foi um suposto bug explorado pelo jogador "JhoW" na partida.

Após a decisão da produtora, os brasileiros passaram a protestar no Twitter, considerando a ação dos organizadores como uma injustiça com os brasileiros. Na noite de domingo (5), a Riot Games alterou a decisão e decidiu que um novo mapa seria disputado, com sete pontos de vantagem para a Acend, que confirmou a vitória em batalha.

O Valorant Champions é o primeiro mundial do FPS da Riot Games e é disputado em Berlim, na Alemanha. 16 equipes participam da competição, que acumula prêmios de US$1 milhão. A final será disputada no dia 12 de dezembro.

Entenda o "perde-ganha" da Keyd contra a Acend

Toda a confusão sobre a partida entre Keyd e Acend começou na sexta-feira. Estreando no campeonato, os dois times foram se enfrentar em uma partida muito esperada pelo público, já que colocava frente a frente dois times com potencial de classificação para o mata-mata.

A partida entregou o que prometeu. O primeiro mapa, Icebox, pick da Keyd, foi disputado ponto a ponto. Com seis pontos seguidos no ataque, a Vivo Keyd venceu por 13 a 9. O time foi comandado por "heat" e "mwzera", com ACS de 269 e 265 respectivamente.

No segundo mapa, Bind, pick da Acend, o domínio foi completo da equipe europeia. Resultado de 13 a 3, sem chance para a Keyd e com direito a um 9 a 3 na primeira metade do mapa. "zeek" terminou o jogo com um ACS impressionante de 332.

A grande polêmica veio no terceiro mapa. A Breeze foi disputada, como na Icebox, de forma acirrada. A Keyd encerrou a primeira metade com um 8 a 4 uma perspectiva boa de fechar a partida em 2 a 1. A segunda metade da Breeze fez a Acend acordar e buscar alguns pontos, mas a Keyd fechou em 13 a 8.

Algumas horas depois da partida, um comunicado da Riot Games caiu como uma bomba no cenário de Valorant do Brasil. A produtora anunciou que a partida, que foi vencida pela Vivo Keyd, foi revertida em uma vitória da Acend. A alegação era uma exploração de bug por parte de "JhoW", da Keyd.

A organização do Valorant Champions considerou que a câmera do Cypher na Breeze, colocada por "JhoW" explorou um bug visual do mapa em seis rounds. Para equilibrar o suposto erro, a produção do campeonato deu seis pontos para a Acend, fazendo a partida ficar em 12 a 9. Considerando os impactos econômicos do bug, mais um ponto foi concedido para a Acend, resultando em um 13 a 9 para os europeus.

O bug, segundo a Riot, acontece pela "localização da câmera, que permite que o jogador de Cypher veja através da parte de trás de uma pequena textura de mapa que se destina a bloquear a visão do jogador".

A Riot Games considerou que Jonathan "JhoW" Glória explorou um bug da câmera do Cypher na partida contra a Acend - Foto: Riot Games/Divulgação

Terceiro jogo e derrota confirmada da Keyd

A repercussão da derrota posterior da Vivo Keyd para a Acend iniciou uma grande discussão na internet. O cenário de Valorant no Brasil passou a subir a tag #justiceforkeyd com apoio, inclusive, de jogadores estrangeiros, fazendo a corrente ganhar força no final de semana.

A Riot Games, então, lançou outro comunicado. No domingo (5), a organização do Valorant Champions anunciou que revisou o jogo posteriormente e identificou três rounds em que a Vivo Keyd deveria ter ganho que foram definidos como "sem vencedor".

A decisão da produtora foi, depois de discussão com a Acend, repetir o terceiro mapa. Ficou definido que a Breeze seria jogada novamente, com um 7 a 0 a favor da Acend. Essa queda, disputada nesta segunda-feira (6), deu a vitória novamente para os europeus.

Os brasileiros da Vivo Keyd, porém, fizeram uma bela partida. A primeira metade terminou com um 9 a 3 para a Acend. No ataque, a Keyd engatou rounds e empatou a partida em 9 a 9. No final do game, porém, os europeus resolveram a parada com três rounds decisivos na defesa. No final, 13 a 10 para a Acend.

A Vivo Keyd vai disputar a partida eliminatória contra a X10 Esports, que perdeu na primeira rodada para a Envy.

FAÇA PARTE DA STRAFE BRASIL!

Strafe Brasil está por dentro de todas as novidades do universo gamer e eSports. Aqui você encontra as notícias mais recentes e ainda tem a chance de apostar nas partidas do seus jogos favoritos com diversos sites de apostas. Por isso, não deixe de conferir nosso guia completo com todos os sites!

Para Cima
Fechar
×
Seu Código de Bônus:
A oferta de bônus foi aberta em uma outra janela. Pode também clicar no seguinte link:
Ir para a Casa