League of Legends: veja o resumo das competições em 2021

Depois de muito tempo na segunda divisão, RED Canids Kalunga venceu o 2º split do CBLOL - Foto: Bruno Alvares/Riot Games/Divulgação

O ano do League of Legends competitivo chegou ao fim. Em 2021, as competições regionais e internacionais consagraram diversos campeões e a expectativa para 2022 está mais em alta do que nunca.

Novos competidores e vencedores antigos que ganharam as competições e vêm fortes para o ano que vem.

No Brasil, a paiN Gaming e a RED Canids Kalunga venceram os splits do Campeonato Brasileiro de League of Legends, o CBLOL. Os brasileiros se classificaram para o Mid Season Invitational, competição internacional que sagrou campeã a equipe chinesa RNG. No Worlds 2021, a também chinesa EDward Gaming venceu o mundial.

O tradicional evento de final de ano da Riot Games, o All-Star, não será realizado neste ano por conta das restrições causadas pela pandemia de COVID-19. O evento acontece sempre ao final das temporadas competitivas de LoL e reúne os principais times, jogadores e influenciadores para mini-campeonatos e partidas mais leves.

98/100
Avaliação
100% até R$200
Bônus de Depósito
|
Resgatar Bônus Betway

Competições regionais

Brasil

Depois de um jejum de títulos, paiN voltou a vencer um split do CBLOL - Foto: paiN/Divulgação

A temporada competitiva de LoL no Brasil foi, novamente, um grande sucesso. O CBLOL era aguardado com grande expectativa pelos fãs e, definitivamente, conseguiu fazer jus ao hype que era criado com relação a maior competição de League of Legends no Brasil.

Nesse sentido, no primeiro split do CBLOL em 2021, uma equipe tradicional voltou a vencer um torneio do circuito competitivo de LoL no Brasil. A paiN Gaming, da lenda brTT, virou a série contra a LOUD nas quartas de final e ainda bateu Flamengo e Vorax para sair campeã do torneio.

Em 2021, o CBLOL passou a contar com mais 10 franquias novas para a disputa do campeonato. No segundo split do campeonato, a RED Canids Kalunga não fez uma grande campanha na fase de grupos, ficando em sexto lugar. Mesmo assim, foi o suficiente para ir aos playoffs e, aí sim, se destacar.

Passou por Flamengo, Vorax e Rensga para ser campeã depois de quatro anos do último troféu de CBLOL conquistado. Um trabalho de longo prazo que rendeu frutos para a RED Canids, que cada vez mais se estabelece nos postos mais altos do cenário competitivo de LoL no Brasil.

98/100
Avaliação
100% até R$200
Bônus de Depósito
|
Resgatar Bônus Betway

América Latina

Na LLA, Liga Latinoamérica, a Infinity venceu os dois splits com certa tranquilidade, se classificando bem nas fases de grupos e conseguindo bons resultados nos playoffs. A Infinity é treinada pelo brasileiro "Von". O treinador, que comandou a Infinity nos splits de 2021, vai treinar a LOUD na temporada de 2022.

Estados Unidos

Na América do Norte, os favoritos Cloud9 e Team Liquid fizeram grandes jogos durantes as fases de playoffs, mas a melhor ficou mesmo para a Cloud9. No primeiro split da League of Legends Championship Series, LCS, a Cloud venceu a Team Liquid e conquistou o título da primeira etapa do campeonato.

No segundo split, outra organização que já vinha forte em anos recentes conseguiu aparecer bem. Apesar da classificação da Cloud9, quem surgiu imponente foi a 100 Thieves, que eliminou a própria Cloud e, na final, venceu a Team Liquid para garantir o segundo troféu da temporada competitiva dos Estados Unidos.

98/100
Avaliação
100% até R$200
Bônus de Depósito
|
Resgatar Bônus Betway

Europa

No Velho Continente, a temporada de LoL foi dominada por uma equipe apenas. A Mad Lions conquistou os dois splits da LEC, a liga europeia de League of Legends. A equipe venceu Rogue e Fnatic as finais dos splits para se tornar a grande campeã da temporada europeia de LoL.

Os grandes favoritos das competições do continente, G2 e Fnatic, não foram capazes de impedir a dominância da equipe espanhola. "Armut" e "Elyoya", contratações para a temporada de 2021 da MAD Lions, se provaram durante as partidas da LEC e ajudaram os Leões a conquistarem os títulos.

A final do primeiro split da LEC também marcou um fato muito impressionante. Com a disputa entre MAD Lions e Rogue, foi a primeira vez desde 2013 que a final do LoL European Championship não teve Fnatic ou G2 Esports na final de um split.

Turquia

Na Turquia, que tem torneios nacionais fortes e equipes que sempre disputam bem as competições internacionais, o TCL, a Turkish Championship League, agraciou um vencedor novo. A Istanbul Wildcats, de "Serin" e "StarScreen", venceu o primeiro split da TCL, batendo o Fenerbahçe na final.

No segundo split do campeonato nacional, os campeões não conseguiram sequer passar da fase de grupos. Foi aí que surgiu a tradicional equipe do Galatasaray, com grande investimento nos eSports. O time venceu a NASR na final e se sagrou campeão do segundo split da Turkish Championship League.

Japão

As disputas regionais no Japão não trazem muita expectativa para os torcedores que acompanham a LJL, liga do país asiático. Isso acontece porque, desde 2014, há uma dominância da DetonatioN FocusMe. A organização venceu os dois splits de 2021 e confirmou o favoritismo que já era esperado para o ano.

Desde 2014, quando começou a ser disputado o campeonato no Japão, a DetonatioN venceu 12 etapas da LJL, League of Legends Japan League. Foram 19 fases disputadas desde 2014 e a DetonatioN, além dos 12 títulos, conquistou o segundo lugar em seis oportunidades. A única vez que o time ficou fora dos postos mais altos foi no primeiro campeonato disputado no Japão, em 2014.

98/100
Avaliação
100% até R$200
Bônus de Depósito
|
Resgatar Bônus Betway

China

Na temporada de 2021, foi na China em que se viu o maior nível de LoL do cenário atual. Os dois campeões dos splits do país se classificaram para os torneios internacionais e os venceram. A Tencent League of Legends Pro League viu Royals Never Give Up e EDward Gaming varrerem o país nos dois semestres do competitivo.

Nos dois splits, o vice-campeão foi o mesmo. A FunPlus Phoenix foi derrotada por RNG e EDG, campeã histórica da região.

Coréia do Sul

DWG chegou ao terceiro título de Major seguido na Coréia do Sul e é um dos times mais fortes da região - Foto: MSI/Reprodução

A Coréia do Sul é um dos países mais tradicionais do mundo quando se trata de LoL. As equipes que representam a região nos torneios internacionais sempre fazem bons papéis, conquistando títulos globais e tendo destaque nas competições ao redor do mundo.

Neste ano, o país viu uma nova dominância ser criada, com a DAMWON Kia vencendo os dois splits. A equipe desbancou a Gen.G e a multi-campeã T1 para levar os títulos dos dois semestres e garantir vaga no MSI e no Worlds.

Já é o terceiro Major seguido que a DAMWON vence, deixando para trás a grande dominância história da T1, campeã de nove etapas da LCK, League of Legends Championship Korea.

98/100
Avaliação
100% até R$200
Bônus de Depósito
|
Resgatar Bônus Betway

Sudeste Asiático

A recém-criada liga do Sudeste Asiático, a Pacific Championship Series, colocou frente a frente por duas vezes as equipes da PSG Talon e da Beyond Gaming. Na PCS deste ano, porém, só deu o time que representa o clube francês. Duas vitórias nos splits e a confirmação de um começo de hegemonia na região.

O primeiro split foi um domínio completo da Talon, com vitória na fase de grupos e classificações tranquilas pelos playoffs. No segundo semestre, a equipe que representa o PSG acabou indo para o lower bracket mas, na final, venceu a Beyond Gaming para conquistar o título. Em quatro Majors da PCS, são três títulos e um vice para a Talon.

Rússia

A League of Legends Continental League, LCL, que envolve países da chamada Eurásia, teve como grande destaque na temporada a Unicorns of Love. A organização venceu os dois splits e se confirmou como a grande sensação do LoL no país em 2021.

Nas duas finais, os Unicórnios venceram a equipe da CrowCrowd para faturar o título da LCL e se classificar tanto para o Mid-Season Invitational quanto para o Worlds de 2021. As vitórias nos splits aumentam ainda mais o domínio da UoL no país. Já são cinco Majors seguidos vencidos pela organização.

Oceania

Na LCO, League of Legends Circuit Oceania, houve uma certa dominância de uma organização sobre as outras. Nos dois splits, a primeira colocada na fase de grupos foi a equipe da Pentanet.GG. Mesmo assim, eles só levaram um dos títulos da temporada do continente.

No primeiro split, o time conseguiu manter a boa fase da etapa de grupos e venceu a PEACE duas vezes para conquistar o título. No segundo split, porém, a mesma PEACE foi a pedra no sapato dos antigos campeões. Ainda que eles tivessem ficado em primeiro do grupo, a PEACE conseguiu vencer a final do split por 3 a 0 e se sagrar campeã.

98/100
Avaliação
100% até R$200
Bônus de Depósito
|
Resgatar Bônus Betway

Mid-Season Invitational

O MSI era cercado de expectativa por se tratar do primeiro torneio internacional do circuito de LoL em 2021. O evento foi disputado em Reykjavik, na Islândia.

Com 12 equipes campeãs regionais, incluindo a brasileira paiN, a competição teve como grande campeã a Royals Never Give Up, que havia vencido o primeiro split chinês em 2021.

Na final, a RNG bateu a DAMWON Kia, campeã da Coréia do Sul, por 3 a 2 e faturou o título. Já a paiN Gaming não conseguiu se classificar aos playoffs e acabou ficando pelo caminho.

Worlds 2021

Com segundo semestre "perfeito", EDward confirmou o favoritismo no Worlds 2021 - Foto: Worlds/Reprodução

O Worlds 2021 também foi disputado na Islândia e teve 23 times classificados nas mais diversas regiões do mundo. Por conta da pandemia de COVID-19, o Vietnã não teve representantes presentes na fase de LAN do torneio.

Vencedora do segundo split do CBLOL, a RED Canids era a representante brasileira no Mundial. Apesar de ter chegado aos playoffs, vencendo até mesmo a Infinity, da Costa Rica, a Matilha caiu para a PEACE.

Dominante na Coréia do Sul, a DAMWON Kia venceu os seis jogos da fase de grupos e dois dos playoffs para chegar a final frente a EDward Gaming. Apesar do favoritismo, o time coreano não conseguiu fazer frente aos campeões da China e perdeu a grande final por 3 a 2.

Com a vitória da EDward Gaming, o título do Mundial de LoL voltou à China depois de um 2020 que teve a DAMWON campeã do circuito. A única vez que um time de fora da Ásia venceu a competição foi no primeiro ano do torneio internacional, com a Fnatic.

98/100
Avaliação
100% até R$200
Bônus de Depósito
|
Resgatar Bônus Betway

FAÇA PARTE DA STRAFE BRASIL!

Strafe Brasil está por dentro de todas as novidades do universo gamer e eSports. Aqui você encontra as notícias mais recentes e ainda tem a chance de apostar nas partidas do seus jogos favoritos com diversos sites de apostas. Por isso, não deixe de conferir nosso guia completo com todos os sites!

Para Cima
Fechar
×
Seu Código de Bônus:
A oferta de bônus foi aberta em uma outra janela. Pode também clicar no seguinte link:
Ir para a Casa